Câmara aprovou oito projetos em sessão extraordinária

A Câmara de vereadores de Francisco Beltrão esteve reunida em sessão extraordinária na quarta-feira pela manhã, quando aprovou oito projetos do executivo municipal. Cinco deles renovam convênios mantidos pelo município com entidades assistenciais. Esta foi a primeira sessão presidida pela vereadora Atanazia Hellmann Pedron, após a eleição da nova mesa diretiva da casa, em dezembro.


A APMI Haroldo Beltrão é uma das entidades beneficiadas e receberá mensalmente, até o final do ano, um auxílio de R$ 8.432,00.


A Santa Aliança, que presta atendimento a cerca de 30 jovens carentes, terá um auxílio mensal do município, no valor dede R$ 1.232,60.


A Associação Beneficente Santa Rita de Cássia, que além de fornecer alimentação a pessoas carentes, funciona como casa de passagem, receberá R$ 3.080,00 mensais.


Outra entidade que receberá recursos do município é a Casa Familiar Rural, no montante de R$ 4.500,00 ao mês. Atualmente com 60 alunos, o estabelecimento deverá receber cerca de 85 alunos neste ano, os quais são mantidos em regime de internato.


Por fim, foi aprovado auxílio à comunidade Milagre Eucarístico, mantenedora da  casa Mais Vida, que dá atendimento a pessoas com dependência química.


Foi aprovado ainda o repasse de uma verba de R$ 36.301,00 à Cresol, Cooperativa de Interação Solidária. Esse recurso será utilizado para a compra de veículo e é proveniente do ressarcimento de seguro de um veículo da Cresol que teve perda total em acidente.


Os vereadores aprovaram mudanças na lei 3.178/2005, que trata do transporte de moto-taxi, para adequá-la à legislação nacional e na lei 3.623/2009, que regulamenta a atividade do microempreendedor individual.


A presidente Atanazia considerou que a sessão foi  tranqüila, tendo em vista que todos os projetos foram aprovados por unanimidade. Ao final, convocou os vereadores para o início do ano legislativo, dia 15 de fevereiro próximo, quando a câmara municipal voltará a ter reuniões todas as semanas.