Faleceu Tânia Penso Ghedin vítima de câncer

A beltronense Tânia Maria Penso Ghedin, 59 anos, faleceu na noite desta terça-feira, 29, em São Paulo, vítima de câncer. A ex-diretora do departamento de cultura de Francisco Beltrão no período 2001 a 2012 enfrentava a doença desde 2013. Através das Redes Sociais, a família informou sobre o falecimento, alegando que a imunidade estava baixa e Tânia teria falecido por conta de uma pneumonia.

Dentre suas conquistas relativas ao departamento de cultura beltronense estão a fundação do Museu do Colonizador, no Parque Jayme Canet Junior, a restauração da Capela São Cristovão e a criação do Memorial de Francisco Beltrão, entre outras atividades ligadas à cultura e às artes. Por sua atuação, a Câmara de Vereadores prestou homenagens a Tânia Maria Penso Ghedin em 2018.

Filha dos pioneiros Florindo e Juracy Penso, Tânia Maria Penso Ghedin nasceu em Francisco Beltrão, em 1960. Casada com o engenheiro civil Valnei Ghedin, teve quatro filhas: Audrey, Liz, Priscila e Patrícia.

A Administração Municipal de Francisco Beltrão decretou luto oficial no município. O corpo da ex-diretora de cultura estão sendo transladado para Francisco Beltrão, o velório deve iniciar às 13h, na Capela do Pasc e o enterro amanhã, 31, no Cemitério Municipal de Francisco Beltrão.

%d blogueiros gostam disto: