Vereador Ivo Santos indica criação de uma Cidade Mirim


             O Vereador Ivo Santos (PSC) apresentou nesta semana na câmara de vereadores uma indicação propondo a instalação da Cidade Mirim em Francisco Beltrão. Na opinião do vereador, tal experiência traria inúmeros benefícios para as crianças que dele participarem. Ivo cita o exemplo do Colégio Opet, com excelentes resultados.”Precisamos procurar novos rumos para a educação de nossas crianças, sob pena de termos sérios problemas mais adiante”, argumenta o vereador.
A cidade mirim tem como público-alvo os alunos da Educação Infantil e séries iniciais do ensino fundamental, levando o aluno a perceber e efetivar a mudança de seu comportamento.
É uma minicidade, composta de quatro pólos: Pólo Político, Pólo de Serviços, Pólo Cultural e Pólo Ambiental. “Brincando de gente grande, as crianças estão na verdade experimentando na prática importantes conceitos de cidadania”, explica o vereador, enfatizando que assim as crianças reconhecem seu papel dentro da sociedade para que no futuro ajam e contribuam como cidadãos responsáveis, conscientes e críticos.
Inúmeras atividades e projetos acontecem dentro do ambiente da Cidade Mirim. A cada ano, são realizadas eleições para a escolha dos representantes da minicidade, com direito a plataforma de candidato, campanha política e voto direto. O prefeito e os vereadores eleitos são diplomados no Tribunal Regional Eleitoral, além de receberem a posse de seus cargos numa cerimônia especial na Cidade Mirim.


            A Cidade Mirim é uma minicidade, onde os alunos vivenciam a prática da cidadania. Nela, acontecem atividades que envolvem solidariedade, respeito às diferenças sócio-culturais, consciência ambiental e responsabilidade.


O Pólo Político; Formado por Prefeitura, Câmara de Vereadores e Fórum, foi desenvolvido para despertar a consciência política das crianças. Neste setor os alunos vão elaborar leis, planejar e administrar a cidade.
Nos polos de serviços, cultural e ambiental, o aluno desenvolverá outras habilidades que serão igualmente importantes em seu futuro, como a relação com o dinheiro e o respeito à diversidade profissional. “Haverá espaço para a valorização da cultura e da arte e também a preservação da natureza e meio ambiente”, explica Ivo Santos.


            Para ele, essa iniciativa pode ser reproduzida em nosso Município, o que será um grande diferencial na formação e educação das crianças beltronenses”.

%d blogueiros gostam disto: