IMPLANTAÇÃO DO TAXÍMETRO

       A implantação do taxímetro em Francisco
Beltrão foi tema de reunião na quinta-feira, dia 11, na Câmara Municipal. O
encontro foi organizado pelo vereador Cleber Fontana (PSDB) e contou com as
presenças da vereadora Elenir de Souza Maciel (PP), presidente da Câmara, e de Geraldo
Berton, diretor do Departamento de Fiscalização da Prefeitura. O município
possui 30 taxistas e 13 deles participaram do encontro.

       A Lei Federal 12.468 estabelece que
municípios a partir de 50 mil habitantes devem ter os seus táxis munidos do
equipamento. No Sudoeste o sistema funciona em Pato Branco e aumenta a
mobilização pela adoção em Beltrão. De acordo com Arno Barbieri, presidente da
Associação dos Taxistas, a categoria está dividida, mas ciente de que terá que
adotar a medida.

       Os taxistas, através da associação, darão
continuidade aos debates para elaborar sugestões sobre o funcionamento do
taxímetro e valores a serem adotados. O objetivo é, passo a passo, até o final
deste ano, conseguir um consenso e ter todos os veículos equipados com
taxímetros para que funcionem a partir de janeiro de 2017.  

       Atualmente a cobrança das corridas leva
com consideração o local onde está o cliente e a quilometragem percorrida. Os
valores são estabelecidos pela Prefeitura. De acordo com o vereador Cleber, o
sistema de cobrança com o uso do taxímetro trará maior confiabilidade aos
usuários, mas defende que tudo deve ser bem planejado para não prejudicar os
taxistas e nem a população. Também garante que o Poder Legislativo está aberto
para auxiliar a categoria e a administração municipal sobre o modelo a ser adotado
no município. 

%d blogueiros gostam disto: