Ministério da Saúde autoriza R$ 22 milhões para construção de hospital intermunicipal

O anúncio da liberação dos recursos para construção do hospital intermunicipal do Sudoeste lotou o auditório da Amsop nesta sexta-feira (23). A obra ainda precisa seguir alguns trâmites legais para ter início – como a oficialização da doação do terreno pela Prefeitura – mas a assinatura do convênio com o Ministério da Saúde já garante a construção do complexo hospitalar no bairro Água Branca. Além da presidente do poder legislativo Elenir Maciel(PP), os vereadores Léo Garcia(PSC), Ademir Walendolff(PRP) e Lurdes Pazzini (PMDB) também participaram da solenidade.

O anúncio representa uma esperança para solucionar a questão hospitalar de 27 municípios da microrregião. “Hoje foi dado um importante passo para que tenhamos mais segurança no que se refere ao atendimento hospitalar de média complexidade. Não é esta uma solução definitiva, mas permite que tenhamos uma rede mais organizada e que atenderá uma população de mais de 300 mil habitantes”, afirma o presidente da Amsop, Moacir Fiamoncini.

O novo hospital deve ser construído próximo ao Hospital Regional, CRE e curso de Medicina da Unioeste, em Francisco Beltrão, e deve substituir os atendimentos do São Francisco, que está sob intervenção e deve deixar de atender pelo Sus. Os debates para construção de um novo hospital começaram ainda no fim do ano passado na Comissão de Saúde da Amsop.

O convênio foi assinado pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, que destacou o modelo de hospital optado pela região. “Do ponto de vista da gestão, a tendência hoje é de hospitais regionalizados, para que haja uma maior eficiência e otimização da estrutura. Foi isso que os prefeitos da região buscaram e nos apresentaram e que será concretizado em breve”, explicou Barros.

Nesta etapa de construção o governo federal irá repassar R$ 22 milhões. A estimativa é de que mais R$ 13 milhões sejam necessários para compra de equipamentos e mobiliários. Depois de pronto, o hospital deverá ser administrado através da ARSS (Associação Regional de Saúde), que integra os 27 municípios da 8ª Regional. 

Lideranças compareceram

A construção do hospital intermunicipal foi viabilizada com apoio do deputado federal Nelson Meurer, que também esteve na cerimônia na Amsop. Além dele e do ministro, também participaram do evento o prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana, a vice governadora Cida Borghetti, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Antonio Carlos Bonetti, e os deputados estaduais Wilmar Reichembach e Nelson Luersen.

O presidente da ARSS, Cezar Bueno e o presidente da comissão de Saúde da Amsop, Helton Pfeifer, além da chefe da 8ª Regional de Saúde, Cintia Ramos, representaram as instituições regionais de saúde.

***fonte: Assessoria

%d blogueiros gostam disto: