CELMO RETORNOU AO LEGISLATIVO

        Nesta semana foi empossado na Câmara de Francisco Beltrão o vereador Celmo Albino Salvadori, do PP, que depois de dois anos e três meses de batalha judicial ganhou o direito de assumir a sua cadeira no Legislativo. Todos os vereadores usaram a Tribuna para dar as boas vindas para Celmo e também elogiar o trabalho realizado neste período pela suplente, Atanázia Hellmann Pedron, PP. O plenário da Câmara ficou completamente lotado.


         Em seu discurso de posse Salvadori falou emocionado. Citou a sua trajetória na política em Beltrão, desde 1988, e comentou sobre o sofrimento vivido enquanto o seu mandato estava sob judice. Agora ele promete muito trabalho para recuperar o tempo que ficou ausente do legislativo. “Vencemos o ódio e o rancor. Não guardo mágoas destas pessoas que tentaram anular o meu mandato”, desabafou Celmo. Agora ele cumpre o  quinto mandato na Câmara de Beltrão.


          A pauta de trabalhos desta semana também foi bastante extensa. Por unanimidade foi aprovado projeto do legislativo, da vereadora Inez de Oliveira Santos, que Declara de Utilidade Pública a Congregação das Irmãs Oblatas de Jesus e Maria. Outro projeto votado é de autoria do vereador Anízio Cezar Pereira, propondo a criação do Programa da Casa Própria Habitabem, autoriza o executivo alienar imóveis urbanos para famílias de baixa renda e estabelecendo alíquota de recolhimento do ITBI para a transação de imóveis em situação irregular. Depois de um amplo debate o projeto foi rejeitado, com quatro votos contrários e três favoráveis.


             Também foram votados onze requerimentos. Um deles foi rejeitado e os demais aprovados. Quatro requerimentos aprovados são da vereadora Elenir de Souza Maciel, com as seguintes reivindicações: construção de calçamento no acesso e ruas da Vila Rural Água Viva, em Nova Concórdia; implantação de linha de transporte coletivo na região de Nova Concórdia, passando pela Vila Rural Água Viva, até a cidade, saindo no início da manhã e retornando no final do dia; construção de rotatória na esquina das ruas Guanabara e Curitiba, além da construção de uma nova sede para a Associação de Catadores de Papel de Beltrão.


       Cinco requerimentos analisados são do vereador Irineu Miller. Um deles foi rejeitado. Solicitava a criação de uma comissão especial para elaborar um relatório sobre a realização de concurso público na Câmara. Os vereadores que votaram contra alegaram que se trata de um assunto de competência exclusiva da Mesa Diretora da Câmara, justificando os votos contrários à proposta.


               Os outros quatro requerimentos do vereador Miller foram aprovados, com os seguintes pedidos: adoção de medidas preventivas por parte da Sanepar e Vigilância Sanitária para eliminar o excesso de baratas na rede de esgoto; construção de proteção para pedestres e passeios na margem direita do rio Lonqueador, entre as ruas Guanabara e Giocondo Felipe; informações sobre a aplicação de recursos do programa Agentes Comunitários de Saúde e ações na prefeitura em Seção São Miguel, caso da readequação de estradas, revisão dos bueiros e reformas no banheiro da escola.


            O vereador Cleber Fontana reivindicou a retirada de duas lombadas, uma localizada na avenida Porto Alegre, próximo da esquina com a Romeu Lauro Werlang, e outra na Romeu Lauro Werlang, próximo da esquina com a Ponta Grossa. Cleber justificou que próximo destas lombadas existem semáforo e rotatória, não justificando mais a manutenção destes redutores de velocidade.


           O vereador Adair Machado reivindicou do executivo a adoção de um projeto de remodelação, melhorias e embelezamento da praça localizada no bairro São Cristóvão, em frente a empresa Bevel. Através de Indicação o vereador Ivanir Tupi Prolo pediu a construção de uma ponte na comunidade de Barra Bonita, para atender diversas propriedades rurais. A vereadora Inez de Oliveira Santos quer a colocação de uma placa identificando o nome da Escola Municipal São Cristóvão.


 


                                       PAUTA PARA SEGUNDA-FEIRA


 


             A próxima Sessão Ordinária da Câmara será segunda-feira, dia 2 de abril, às 18 horas. Serão votados dois projetos e um requerimento. Um dos projetos é do legislativo, do vereador Ivanir Tupi Prolo, Declara de Utilidade Pública da Associação Comunidade Milagre Eucarístico. O outro é do executivo, disciplina a nomeação de agentes públicos para a ocupação de cargos em comissão no âmbito do poder executivo municipal. O requerimento é da vereadora Elenir de Souza Maciel.

%d blogueiros gostam disto: