Reajuste salarial de 7% ao funcionalismo municipal será votado na câmara

Recomposição salarial do funcionalismo público municipal será analisada hoje pelos vereadores beltronenses. Entrará em pauta hoje projeto que trata de reajuste salarial do funcionalismo municipal, no índice de  7% a vigorar a partir de primeiro de março. Também será analisado o projeto que prevê reajuste nesse percentual aos agentes políticos do município. A Câmara de vereadores esteve reunida, ontem,quando aprovou cinco projetos do executivo, relacionados à liberação de espaços nos núcleos industriais. O prazo de utilização dos barracões é de cinco anos. O projeto que trata das eleições para diretorias de escolas e Centros de Educação infantil, foi retirado de pauta por 15 dias, a pedido do vereador Celmo Salvadori, líder do governo na câmara. Os demais projetos foram aprovados por unanimidade. O projeto 17 autoriza o Executivo ceder por  concessão de uso, área  de terras de propriedade do Município à empresa A.D.F para funcionamento de lavanderia e tinturaria. O projeto 18 autoriza o Executivo a  proceder a Concessão de  Uso com encargos, de bem imóvel  de propriedade do Município à empresa Froza & Froza Eletro E Mecânica Industrial para funcionamento de uma fábrica artefatos de alumínios. Pelo projeto 19, o Executivo fica autorizado a firmar Concessão de Direito Real de Uso de área  de terras  de propriedade do Município à empresa I. J. SIMON para funcionamento de uma indústria de esquadrias. O projeto 20 dá ao Executivo autorização para  proceder a Concessão de  uso de bem imóvel  de propriedade do Município à empresa Andreia Pereira Resfriadores para operar indústria de máquinas e aparelhos de refrigeração e ventilação industrial. O projeto 21 autoriza o Executivo Municipal a  proceder a concessão de  uso de bem imóvel  de propriedade do Município à empresa Fundição Triângulo que opera na fabricação de trefilados de metal. De acordo com o projeto 22, o Executivo Municipal renova a concessão de  uso com encargos, de bem imóvel  do Município à empresa Minatto Móveis Artesanais pelo prazo de cinco anos.


 


Requerimentos


Foram aprovados dois requerimentos, por unanimidade. O vereador Celso Antunes teve aprovado o encaminhamento de ofício ao gerente de departamento da Copel, Gilson Fioravante Kavalco, solicitando que seja retirado o transformador e um poste localizado na Rua Tenente Camargo, em frente a Igreja Assembléia de Deus. De autoria do vereador Jocemar Madruga (PT), foi aprovado requerimento ao executivo municipal solicitando informações acerca do contrato de prestação de serviços da Equiplano à prefeitura e também solicitando cópia dos pagamentos efetuados à referida empresa. A câmara volta a se reunir nesta terça-feira, às 18h, quando analisará em segunda votação os projetos aprovados ontem, além de dois requerimentos.

%d blogueiros gostam disto: