Padre Dilonei recebeu uma moção de reconhecimento da Câmara

O padre Dilonei Pedro Muller recebeu da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira, 05, uma moção de reconhecimento pelos oito anos de serviços prestados à comunidade beltronense. Recentemente, o padre dilonei foi transferido para Pato Branco, mas o legado e a admiração dos católicos permanecem. A moção foi uma proposição da vereadora Fran Schmitiz(PSDB) que reforçou o envolvimento do sacerdote com a comunidade. “A população como um todo reconhece o trabalho que ele realizou em Beltrão, mas mais do que isso, toda a forma de gestão e a forma com que ele se comunicou com a sociedade, ele foi uma pessoa que motivou a mudança de comportamento da comunidade local”, disse Fran.

Além de ter permanecido em Beltrão por oito anos, Padre Dilonei completou dias atrás, 25 anos de sacerdócio. Durante a solenidade, ele disse que, ao ouvir o seu histórico, reviveu várias passagens e pode fazer rapidamente uma reflexão sobre a missão de evangelização e a fidelidade para Deus. “ Temos como missão primeira, ser um sinal de Deus. Por onde passei, sempre tive a preocupação de gestão, mas por fim, o que prevalece é o lado espiritual. Me sinto lisonjeado e feliz por receber essa homenagem. Agradeço a vereadora Fran, a todos os vereadores, mas em especial a população beltronense que sempre me acolheu de braços abertos”, finalizou Dilonei.

Na plateia, membros de pastoral, amigos do padre e pessoas que fizeram questão de acompanhar a solenidade na Câmara de Vereadores. O padre Geraldo Macagnan, representante do bispo Dom Edegar Xavier Ertl, no evento, falou das virtudes do padre Dilonei enquanto servo da igreja. Já o chefe de gabinete da prefeitura, Alaércio Corazza, que estava representando o prefeito Cleber Fontana(PSDB) lembrou do envolvimento do Padre nos assuntos ligados ao Rotary, tendo em vista, que os dois são rotarianos.

Para finalizar, a vereadora e presidente do poder legislativo, Elenir Maciel(PP) falou sobre gratidão, religiosidade e empreendedorismo do Padre Dilonei. “Foi uma homegem justa, para uma pessoa que deixará muitas saudades”, declarou a veradora. Ela também reforçou o convite para a homenagem do Poder Legislativo para a ex-diretora do departamento de cultura, Tania Penso Ghedin, que acontecerá na próxima segunda-feira, 12. “Assim como o padre Dilonei recebeu esta homenagem e na semana que a Tânia, nós temos muitas pessoas de Beltrão que também poderão receber esse reconhecimento, pois se dedicam para fazer da nossa querida Francisco Beltrão, uma terra cada vez melhor”, finalizou Elenir.

%d blogueiros gostam disto: