DEPUTADO ASSIS É CIDADÃO HONORÁRIO

       O deputado federal Assis Miguel do Couto, PT, será agraciado com o Título de Cidadão Honorário de Francisco Beltrão. Projeto que prevê a concessão da honraria, de autoria do vereador Roberson Fiera, PT, foi aprovado por unanimidade, nesta semana, na Câmara de Vereadores.  Natural de Santo Antonio do Sudoeste, Assis tem 52 anos, é casado com Maria Helena e tem quatro filhos. A atuação na vida pública teve início quando ainda era jovem. Em 2002 foi eleito deputado federal e cumpre atualmente o terceiro mandato, já que conseguiu reeleições em 2006 e 2010. Na primeira eleição obteve 43.869 votos. Na mais recente somou 94.745 votos. Como deputado a sua atuação é voltada para a defesa da agricultura familiar, fortalecimento das organizações sociais, sindicais e do cooperativismo, além do apoio aos pequenos municípios.

       Do executivo foram analisados e provados quatro projetos. Um deles altera a estrutura administrativa da prefeitura. Dentre as mudanças está a extinção da Secretaria de Governo e a criação da Secretaria de Assuntos Estratégicos. Também será extinta a secretaria de Indústria, Comércio e Turismo e criada a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico. A lei oficializa a fusão das secretarias de Agricultura e Interior, através da criação da Secretaria de Desenvolvimento Rural.

       Outra matéria altera a lei que dispõe sobre o quadro de pessoal da prefeitura, inclusive com adequação salarial de algumas categorias. Estes dois projetos já tinham entrado em pauta, mas foram retirados para melhor estudo. A aprovação dependia de uma garantia do executivo de que o novo plano de cargos e salários dos servidores municipais será enviado para a Câmara ainda este ano. Na semana passada o prefeito Cantelmo Neto, PMDB, se reuniu com os vereadores e uma comissão de servidores municipais, quando garantiu o atendimento a esta reivindicação. Mais um projeto do executivo determina que os servidores municipais que recebam mensalmente até R$ 1.356,00 sejam beneficiados com a cesta básica de alimentos que é concedida todo mês pela prefeitura. Também foi aprovado o projeto que converte em cartões de estacionamento o valor de R$ 5,00 quando da aplicação de notificação pelos agentes de trânsito.

       Nesta sessão também receberam aprovação unânime dois requerimentos, ambos do vereador Paulo Grohs, PSDB. Reivindicou da administração municipal reajuste salarial para os conselheiros tutelares do município. Também solicitou uma série de melhorias para o bairro Luther King, como calçamento na travessa Angelo Marcelo, entre as ruas Mandaguari e Marília; passeio público com acessibilidade em toda a extensão da rua Mandaguari; instalação de redutor de velocidade na rua Marília, em frente a Escola Oficina Adelíria Meurer; implantação de um palyground próximo da associação de moradores; serviço de terraplenagem e colocação de pedra brita no terreno em frente a associação de moradores e ampliação do pavilhão desta associação.

       Através de Indicação a vereadora Maria de Lourdes Pazzini, PMDB, solicitou do executivo a execução de pavimentação asfáltica nas seguintes ruas dos bairros Cristo Rei e São Miguel: rua São Miguel, até a rua Santo Antonio, e no trecho da rua José Bonifácio até a Marechal Hermes da Fonseca; rua São Francisco, até a José Bonifácio; rua Santo Inácio de Loyola, até a Floriano Peixoto, e rua João Goulart, até a Floriano Peixoto.