SESSÃO DA CÂMARA MOVIMENTA CIDADE NORTE

       O Centro Social da Paróquia Nossa Senhora da Salete, do bairro Pinheirinho, ficou repleto de lideranças, empresários e moradores dos bairros da Cidade Norte que prestigiaram a Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, realizada na segunda-feira, 29 de abril. Cerca de 200 pessoas estiveram presentes. Foi a sequência das sessões itinerantes que acontecem uma vez por mês nos bairros e comunidades do interior do município. O objetivo é aproximar ainda mais o Legislativo da comunidade.

       Para o vereador Roberson Fiera, PT, que representa aquela região na Câmara, foi um momento histórico e de valorização da população da Cidade Norte. O padre Volnei Toigo, pároco da Paróquia Nossa Senhora da Salete, disse que a iniciativa da Câmara é de suma importância. Ele relatou que os agentes políticos precisam estar próximos da população durante o mandato e isso está acontecendo na atual legislatura. Padre Volnei relata que todos os assuntos, mesmo polêmicos, precisam ser debatidos com a população e é justamente isso que está ocorrendo. O vereador Paulo Grohs, PSDB, presidente da Câmara, avalia que as duas sessões itinerantes já realizadas este ano mostra que a iniciativa dos vereadores foi bem recebida pela comunidade.

       Durante a tarde os vereadores atenderam lideranças dos mais diversos segmentos, como associações, entidades, escolas, Centros de Educação Infantil e empresas, que apresentaram reivindicações para os bairros daquela região. Todos os pedidos foram protocolados e serão encaminhados para a administração municipal visto que, na maioria dos casos, a solução depende de ações da prefeitura. A sessão foi à noite, teve duração de pouco mais de duas horas e foi acompanhada atentamente pela comunidade. Para muitas pessoas foi a primeira oportunidade de acompanhar uma sessão da Câmara. A próxima está agendada para o dia 27 de maio, em Seção Jacaré.

                                                   Matérias Aprovadas

       Na sessão foram debatidos, votados e aprovados por unanimidade dois projetos do Legislativo, um do Executivo e vários requerimentos. Um deles, do vereador Paulo Grohs, PSDB, cria o programa de distribuição gratuita de materiais escolares e uniformes escolares para os alunos da rede pública municipal de ensino. A medida beneficia os 6.626 alunos que freqüentam as escolas públicas do município. Paulo acredita que neste ano o investimento chegará a R$ 1,2 milhão e salienta que os recursos já estão garantidos no orçamento em vigor.

       Outro projeto é da vereadora Elenir de Souza Maciel, PP, e cria o programa social Centro Dia do Idoso, através de atendimento especializado e instalações adequadas para pessoas idosas, semi-dependentes ou portadores de enfermidades, que estejam em estado de vulnerabilidade social. Trata-se de um local para os idosos ficarem durante o dia, enquanto os familiares trabalham. A meta é atender famílias carentes, que não tem como pagar uma pessoa para fazer companhia ao idoso. O Executivo terá prazo de 120 dias para regulamentar a lei. Para que as iniciativas se transformem em lei, ainda é preciso a sanção do prefeito Cantelmo Neto, PMDB.  Do Executivo foi aprovado projeto que altera lei municipal.

                                                     Requerimentos

       Através de requerimentos o vereador Roberson Fiera, PT, solicitou apoio da prefeitura para a revitalização da Feira da Agricultura Familiar da Cidade Norte, especialmente na divulgação e motivação dos feirantes. Também pediu informações do comando do Corpo de Bombeiros sobre a possibilidade da instalação de um posto de atendimento naquela região da cidade. Requereu ainda melhorias nos acessos ao Rancho Dariva e ao Centro de Eventos Marabá, na PR 566.

       A vereadora Elenir de Souza Maciel, PP, requereu apoio dos deputados Nelson Meurer, PP, e Ademar Traiano, PSDB, na viabilização de recursos para a construção de uma casa abrigo para mulheres em situação de violência doméstica e familiar, bem como oferecer uma casa oficina para a profissionalização destas pessoas. Elenir também pediu informações sobre os projetos de melhorias no Cemitério Municipal. Maria de Lourdes Pazzini, PMDB, reivindicou do executivo a construção de um hospital municipal.