VEREADORES DEBATEM SEGURANÇA

       A segurança pública foi tema de reunião realizada na noite de terça-feira, dia 15, no bairro Padre Ulrico. O debate durou duas horas e foi coordenado pelo presidente da Associação de Moradores, Lauri Toassi, contando com boa participação de moradores e lideranças do bairro, além de representantes dos três poderes.

       A Câmara foi representada pelos vereadores Paulo Grohs, PSDB, presidente, Aires Tomazoni, PMDB, Cleber Fontana, PSDB, e Valmir Dile Tonello, PMN. Do executivo compareceu Saudi Mensor, secretário municipal de administração. Do Judiciário esteve presente o Promotor Roberto Tognon. Também estiveram no local o Capitão Rogério Pitz, da Polícia Militar, o Tenente Agnaldo Pereira e Waldemi Fernandes, presidente do Conselho Comunitário de Segurança.

       Homicídios, tráfico e consumo de drogas e prostituição são alguns dos principais problemas do bairro. Uma novidade foi apresentada pelo promotor Tognon, que anunciou a possibilidade de transferência da 1ª Companhia da Polícia Militar da Cidade Norte para o Padre Ulrico. O apoio da comunidade no combate à criminalidade também foi um consenso entre os presentes.

       As lideranças do Padre Ulrico aproveitaram para reivindicar maior participação do poder público no bairro, com investimentos em vários setores, caso da recuperação e asfaltamento de ruas, calçadas, iluminação pública, instalação de parque ambiental, construção de ponte sobre o rio Marrecas, ligando o bairro com a Cidade Norte, dentre outros pleitos. Na próxima semana será realizada reunião dos líderes do bairro com o executivo para que os pedidos sejam novamente apresentados.

       O vereador Cleber Fontana se pronunciou quando defendeu uma participação ativa das mulheres do bairro nas ações. Ele lembrou que os filhos respeitam as mães e elas tem papel fundamental para orientar e reprimir, quando necessário. Paulo Grohs relatou que o Legislativo fará o possível para que os pleitos sejam atendidos e entende que o bairro merece tratamento prioritário por parte do poder público. Também anunciou que no dia 26 de maio a Sessão Ordinária Itinerante da Câmara de Vereadores será no Padre Ulrico, quando os pleitos deverão ser reforçados.