Câmara aprova a criação do conselho municipal do esporte e lazer

Os vereadores se reuniram para a sessão desta segunda-feira, 17, e discutiram quatro requerimentos e um projeto de lei.

Apresentado pelos vereadores Camilo Rafagnin(PT) e Rodrigo Inhoatto(PDT) foi aprovado por unanimidade em primeira discussão e votação a criação do Conselho Municipal de Esporte e Lazer. O projeto consiste em propor políticas municipais para o incentivo do esporte amador e profissional, além de desenvolver estudos, debates e pesquisas relativas à situação do esporte e lazer. Os vereadores fizeram questão de destacar que todas as modalidades podem ser contempladas com os benefícios do conselho, desde que, estejam organizadas individualmente. “O ponta pé foi dado. A criação do conselho é o primeiro passo para tornar o esporte e o lazer de Francisco Beltrão mais forte, e para que, possamos colher frutos no futuro”, disse Inhoatto. Já o vereador Camilo reforçou de que o projeto só dará certo se todos estiverem dispostos a trabalhar pelo esporte. Sendo assim, a médio e longo prazo, terão resultados. “Criamos o conselho com a expectativa de que não seja uma proposta de gaveta”, declarou Camilo.

Quanto aos requerimentos, a vereadora Fran Schmitz(PSDB) apresentou um pedido de informatização do sistema de protocolo dos atendimentos na prefeitura municipal. Já o vereador Pedro Tufão(DEM) solicitou se há projetos ou estudos de dragagem e conclusão do Córrego Progresso, bem como, melhorias na avenida Progresso, na divisa dos bairros São Miguel e Cristo Rei. Enquanto isso, a vereadora Lourdes Pazzini(PMDB) pediu a viabilidade de destinar um enfermeiro para atendimento na comunidade da Ponte Nova do Cotegipe. O último requerimento aprovado foi do vereadora Dile Tonello(PMN) solicitando um convênio com a Sudenge, que é associação dos arquitetos e engenheiros, para reativar o Programa Moradia Popular Casa Fácil, cujo objetivo é atender de forma gratuita a população de baixa renda, com a elaboração de projetos para a construção ou reforma de moradias populares.

Camilo Rafagnin e Rodrigo Inhoatto justificando a criação do conselho municipal do esporte e lazer:

Dile Tonello comenta sobre o requerimento aprovado: