Concessões de Uso foram aprovadas pelos vereadores

Cinco projetos foram aprovados ontem, pela câmara municipal de Francisco Beltrão. Dois projetos que deveriam ser analisados, foram retirados de pauta. O projeto 39, a pedido do líder do governo na câmara, Celmo Salvadori (PP), para maiores estudos. A matéria propõe alterações na política municipal dos direitos da criança e do adolescente e tem diversos pontos que os vereadores desejam analisar melhor antes da votação. Duas emendas foram apresentadas pelo vereador Jocemar Madruga (PT). O projeto 34 foi retirado de pauta a pedido do executivo municipal. As demais matérias receberam aprovação unânime e tratam de concessão de uso de imóveis do município por empresas.


O projeto 32 – Autoriza o Executivo Municipal a  proceder a Concessão de  Uso com encargos, de bem imóvel  de propriedade do Município à empresa CASSIANA FERREIRA BACHENDORF.


Projeto 33 – Autoriza o Executivo Municipal a  proceder a Concessão de  Uso com encargos, de bem imóvel  de propriedade do Município à empresa OLMAR OSELAME FABRICA E COMERCIO DE MOVEIS LTDA.


O projeto 35 – Autoriza o Executivo Municipal a  proceder a Concessão de Direito Real de Uso de área de terras  de propriedade do Município à empresa E M WEINFORTNER CONSERTOS E MONTAGEM.


Pelo projeto 36 o executivo fica autorizado a proceder a Concessão de Direito Real de Uso de área  de terras  de propriedade do Município à empresa FLESSAK ELETRO INDUSTRIAL.


Já o projeto 38 altera disposições da Lei Municipal nº 3776/2010, de 08 de dezembro de 2010.


Foi aprovado  requerimento do vereador Maor Prolo, que solicita à Secretária Municipal de Educação, Olívia Basso Ferrari, solicitando as seguintes informações dos Centros de Educação Infantil do Município:  número de crianças que freqüentam cada creche; período (meses) que as mesmas ficam em férias e se há existência de recesso para o ano letivo.


A câmara volta a se reunir hoje às 18 horas.