Câmara aprova salários para prefeito, vice, secretários e vereadores

Ontem, por maioria de votos foi aprovado o salário do futuro prefeito de Francisco Beltrão. Foram também definidos os subsídios dos futuros vereadores e secretários, para os quais foram mantidos os valores atuais. O único projeto que teve alteração de valores foi o do prefeito, uma emenda do vereador Cezar Cabeleireiro passou o salário para R$ 18 mil. A matéria foi aprovada por cinco votos favoráveis e quatro contrários. Já os salários do Vice-Prefeito e Secretários Municipais de Francisco Beltrão, não terão alteração. O vice receberá R$ 6.917,78 enquanto secretários terão rendimento de R$ 6.171,20. Esses valores não poderão ser reajustados em 2013.
O projeto de autoria da mesa diretora da câmara, que trata dos subsídios dos Vereadores e do Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Francisco Beltrão para a legislatura de 1º de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2016, foi aprovado por 6 votos a 4. Os vereadores receberão R$ 4.679,42 e o presidente da câmara, R$ 6.083,24.
Estas foram as matérias que mais geraram discussão e várias emendas propondo salários mais elevados para o vice e secretários, foram rejeitadas. Votaram a favor dos projetos aprovados, Atanázia Hellmann Pedron (PP), Cezar Cabeleireiro (PMDB), Elenir Maciel (PP), Celso Antunes (PSDB), Ivo Santos (PSD) e Dázio Zanatta (PSDB). Os votos contrários foram de Almir Calegari (PT), Jocemar Madruga (PT), Paulo Grohs (PSDB) e Maor Prolo (PMDB). Nas emendas rejeitadas, a vereadora Elenir Maciel votou contra e como deu empate, o presidente Dázio Zanatta desempatou votando contra.
O projeto 17, do vereador Ivo Santos (PSD) que cria o atendimento reservado para clientes das agências bancárias e postos de atendimento do município de Francisco Beltrão foi arquivado a pedido do autor.
O projeto do vereador Jocemar Madruga (PT) que declara de Utilidade Pública a Associação de Defesa dos Vitimados pelo Trabalho do Sudoeste do Estado do Paraná teve aprovação unânime.
O vereador Celso Antunes (PSDB), retirou por uma semana o projeto apresentado por ele que altera disposições da Lei Municipal nº 3788/2010, de 16.12.10 que assegura o pagamento de metade do valor efetivamente cobrado para ingresso em casas de diversões, espetáculos, praças esportivas e similares, aos estudantes regularmente matriculados em estabelecimentos de ensino.
A proposta número 18 do legislativo, de alteração à Lei Orgânica do Município, a fim de proteger a moralidade e a probidade na Administração Pública Municipal, vedando a nomeação ou investidura para cargos ou funções de pessoas consideradas inelegíveis para qualquer cargo, nos termos da legislação federal,  no âmbito do Município de Francisco Beltrão, teve aprovação unânime.

Requerimentos

Foram aprovados os requerimentos do vereador Jocemar Madruga a respeito da licitação para a confecção de banners pela administração municipal e da vereadora Atanázia Hellmann Pedron (PP), que requer o envio de ofício à Companhia de Teatro Théspis parabenizando, mais precisamente ao Diretor Vilmar Mazzetto e aos Atores da Peça de Teatro ?Chiquinho Beltrão e o Meio Ambiente?.
A câmara volta a se reunir hoje às 18 horas, quando as matérias voltarão a ser analisadas.

%d blogueiros gostam disto: