CÂMARA APROVA PROJETO E REQUERIMENTOS

       Um Projeto do executivo e vários requerimentos foram aprovados por unanimidade nas Sessões Ordinárias realizadas na segunda-feira, dia 3, e terça-feira, dia 4 de junho, pela Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão. O projeto autoriza o executivo a proceder a abertura de crédito adicional suplementar no orçamento vigente na ordem de R$ 319 mil. Parte dos recursos, de R$ 299,500,00, será usado para o credenciamento de serviços médicos em regime de plantão para o Pronto Atendimento 24 Horas e para o terceiro turno da unidade de saúde do bairro Cango.

       Também estava em pauta o projeto de lei do vereador Cleber Fontana, PSDB, que declara o Calçadão de Beltrão patrimônio cultural, social, histórico e disciplina a sua aplicabilidade. À pedido do autor a matéria foi retirada e retorna na sessão do dia 17 de junho. Ocorre que nesta semana quatro vereadores estão em Brasília, participando de uma caravana organizada pela Acamsop 13, Associação de Câmara Municipais do Sudoeste, microrregião de Beltrão. Como a matéria é considerada polêmica, o autor justifica que é preciso a presença de todos os vereadores para decidir sobre o assunto.

       Através de requerimentos o vereador Ivanir Tupi Prolo, PP, solicitou informações sobre a execução do Programa Andar Seguro, que incentiva a construção de calçadas na cidade. Também requereu da prefeitura informações sobre o pregão eletrônico realizado pelo município para aquisição de máquinas e veículos. A vereadora Elenir de Souza Maciel, PP, reivindicou recape asfáltico na estrada que dá acesso à comunidade de Linha Hobold.

       O vereador Roberson Fiera, PT, pediu encaminhamento de ofício ao INSS, unidade de Francisco Beltrão, solicitando o número de benefícios previdenciários concedidos nos últimos cinco anos em relação a acidentes de trabalho, identificando a atividade que o trabalhador está vinculado e com especificação dos casos de acidente de trabalho típico e doenças profissionais.  Também solicitou a construção de um centro comunitário no bairro Pinheirão e sugeriu alteração de lei municipal, aumentando a gratificação para diretores de escolas municipais com mais de 800 alunos.

       O vereador Valmir Dile Tonello, MD, gestionou ao executivo para que regularize os loteamentos rurais já implantados no município. Paulo Grohs, PSDB, pediu melhorias na iluminação pública na avenida Getulio Vargas, entre as ruas Santo Antonio e Santa Terezinha, no bairro Cristo Rei. Segundo ele, são necessários pelo menos três superpostes neste trecho. Aires Tomazoni, PMDB, reivindicou a colocação de superpostes na avenida Eugênio Salvadori, em Nova Concórdia, e que a prefeitura adquira um ônibus para transportar atletas que representam o município em competições estaduais e nacionais.

%d blogueiros gostam disto: