MENINO JESUS RECEBE VEREADORES

       Na segunda-feira, dia 30 de junho, a Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão realizou mais uma Sessão Ordinária Itinerante. Foi na comunidade de Menino Jesus, interior do município, no Centro Comunitário. A reunião foi à noite, mas durante a tarde os vereadores Cleber Fontana, PSDB, Elenir de Souza Maciel, PP, Ivanir Tupi Prolo, PP, Maria de Lourdes Pazzini, PMDB, e Paulo Grohs, PSDB, presidente da Câmara, já estavam no local para conversar com os moradores e ouvir as suas reivindicações. À noite, todos os vereadores estiveram presentes.

       Como a principal reivindicação é relacionada a recuperação das estradas principais e vicinais, Elenir e Paulo, percorreram a comunidade e puderam confirmar a precariedade da maioria das estradas. Também conversaram com vários moradores, caso dos irmãos Arno e Miria Liell, que precisam de melhoria no acesso. No caso de Marinauva e Luis Carlos Ribeiro, o acesso é tão ruim que não conseguem chegar com o carro até a casa onde moram e precisam deixar o veículo na beira da estrada vicinal. O trajeto a ser recuperado é de apenas 30 metros.

       Um documento contendo as principais reivindicações, assinado por Luiz Mar Uliana, presidente da Associação de Moradores, e Luciano Kohl, presidente do Conselho da Comunidade, foi entregue aos vereadores. Os pleitos foram transformados em Requerimentos e Indicações para que sejam  contemplados pela Administração Municipal.

       As reivindicações são: cascalhamento na estrada ligando Menino Jesus até a ponte do Rio Marrecas e do Menino Jesus até Vila Lobos; reforma ou construção de nova ponte na estrada ligando Menino Jesus a Vila Lobos e Volta Grande do Marrecas, bem como elevação da ponte, visto que fica submersa em períodos de chuvas mais intensas; conclusão do calçamento ligando a comunidade com o perímetro urbano; cascalhamento e readequação das estradas principais e secundárias.

       Também solicitam a construção de novo centro comunitário, com espaço para o Clube de Mães e Associação de Moradores, bem como a mobília necessária; reforma nos banheiros do atual centro comunitário; reforma do pulverizador usado de forma comunitária; doação de carreta agrícola para a Associação de Moradores para o transporte de silagem para o gado leiteiro;  disponibilizar sinal de interrnet;  melhorias na telefonia fixa;  local adequado para depositar o lixo reciclável, bem como a coleta regular; e reformas no cemitério.  

       Durante a sessão Luciano usou a Tribuna para agradecer a presença dos vereadores na comunidade e também para reforçar as reivindicações. A secretária municipal de Desenvolvimento Rural, Daniela Celuppi, acompanhou a sessão. Ela disse que tem conhecimento dos problemas existentes nas estradas daquela e de outras localidades. Também reclamou que o excesso de chuva tem atrapalhado os trabalhos de recuperação, mas disse que, dentro do possível, as equipes da secretaria vão atuar naquela região.

                                           Matérias Aprovadas

       Na sessão, além dos debates dos pedidos da comunidade, os vereadores aprovaram por unanimidade quatro Projetos de Lei do Executivo, um do Legislativo e dois Requerimentos. Do Executivo um dos destaques é o Projeto sobre as diretrizes para a elaboração do orçamento da Prefeitura para 2015, ou seja, a vida orçamentária e financeira do Município no decorrer do próximo exercício. A receita projetada ficou em R$ 201.287.900,00, incremento de 9,87% em relação a projeção de arrecadação para 2014.

       A matéria recebeu sete emendas. Uma delas, do vereador Ivanir Tupi Prolo, PP, determina que a abertura de créditos adicionais suplementares aconteça até o limite de 10% do total da despesa fixada para cada poder. Hoje a administração pode remanejar até 30% do orçamento. Acima deve percentual é preciso autorização da Câmara. A vereadora Elenir de Souza Maciel, PP, apresentou emenda para a execução de pavimentação poliédrica na avenida Água Branca, além de recapeamento e manutenção da rua Fernando Ferrari e avenida Miniguaçu.

      O vereador Roberson Artifon Fiera, PT, propôs que sejam garantidos recursos para a confecção de placas indicativas para o programa Vizinhança Solidária. A vereadora Maria de Lourdes Pazzini, PMDB, sugeriu o asfaltamento de 50 quilômetros de ruas, através de convênios com outras esferas de governo, 20 quilômetros de asfaltamento de estradas rurais e aquisição de terreno de cinco alqueires para a construção de barracões industriais. Os outros projetos do Executivo são relacionados a abertura de crédito adicional no orçamento deste ano e aquisição de área de terra para a construção da Unidade Básica de Saúde do Bairro Sadia.

       O Projeto do Legislativo é de autoria dos vereadores Brizola, PSL, e Maria de Lourdes Pazzini, PMDB, com uma Emenda apresentada pela vereadora Elenir de Souza Maciel, PP. A Lei prevê transporte coletivo gratuito para eleitores de baixa renda em dias de eleição, plebiscito ou referendo. Serão beneficiados eleitores da cidade e do interior do município que recebem até dois salários mínimos mensais. Para se beneficiar a pessoa deverá comprovar com o título de eleitor e um documento com foto. Na visão dos proponentes, se o voto é obrigatório, é preciso oferecer condições aos eleitores para que cumpram com a obrigação.

       As sessões fora do recinto da Câmara são realizadas na última segunda-feira do mês, nos bairros e localidades do interior do município, de forma alternada. O objetivo é aproximar ainda mais o Poder Legislativo da comunidade. Neste ano já foram aconteceram na Água Vermelha, no Parque de Exposições Jaime Canet Junior, fazendo parte da programação da Expobel, Bairro Luther King, Ponte Nova do Cotegipe, Bairro Padre Ulrico e no Menino Jesus. No dia 14 de julho, a reunião será no Bairro Jardim Floresta. Será a última do Primeiro Período Legislativo. No decorrer de 2014 serão onze Sessões Itinerantes.

%d blogueiros gostam disto: