Criado o dia municipal de conscientização do autismo

Rodrigo Inhoatto é co-autor do projeto.

Foi aprovada nesta semana a criação do dia municipal da consciência do autismo. A proposição é dos vereadores Elenir Maciel(PP) e Rodrigo Inhoatto(PDT). A ideia é conscientiza o Poder Público e a sociedade em geral sobre o autismo, ajudando a derrubar preconceitos e esclarecer a forma de lidar com as pessoas autistas, inclusive nas escolas.

A data a ser comemorada será o dia 02 de abril, que já foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o dia Mundial de Conscientização do Autismo.

O Autismo é uma síndrome complexa e mais comum do que se pensa e, segundo especialistas, em um evento realizado em 2010, a ONU declarou que, segundo especialistas, acredita-se que a doença atinja cerca de 70 milhões de pessoas em todo mundo, afetando a maneira de como esses indivíduos se comunicam e interagem. Os problemas causados por esta desordem podem variar. Existem crianças autistas que possuem inteligência e fala intactas, já outras convivem com sérios problemas de desenvolvimento na sua linguagem.

O autista nasce com um transtorno neurobiológico, ou seja, uma alteração no desenvolvimento mental que faz com que ele tenha dificuldades no relacionamento com as pessoas e com o ambiente em que vive, necessitando de ajuda para se desenvolver e superar suas limitações.

Desde cedo o autista apresenta sinais que podem e devem ser observados, inclusive nas escolas, pelos professores. Quanto mais cedo for feito o diagnóstico e iniciado o tratamento do autismo melhor para o desenvolvimento da criança.

Tão importante quanto descobrir a cura, é permitir que, os autistas de hoje sejam incluídos na sociedade e tenham mais qualidade de vida e respeito.

O projeto recebeu apoio unanime dos vereadores da casa e agora segue para sanção do prefeito Cleber Fontana.

 

%d blogueiros gostam disto: