CÂMARA APROVOU COMPRA DE TERRENOS PARA POSTO DE SAÚDE


– 26-09-2007 – 


 


       Cinco projetos e dois requerimentos foram analisados nas Sessões Ordinárias realizadas nesta semana pela Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão. Todos os projetos foram aprovados. O projeto 15, do Legislativo, da vereadora Elenir de Souza Maciel, PP, cria o Centro Municipal de Treinamento de Esportes Adaptados. O projeto 61, do executivo, altera disposições de lei municipal.


       Os projetos 63 e o 64, do executivo, referem-se à aquisição de terrenos que serão utilizados para a construção do Posto de Saúde da Família do bairro Pinheirão. Os dois terrenos totalizam 796 m2. O investimento será de R$ 81 mil. O projeto 66, também do executivo, renova a concessão de auxílio financeiro para a Amarbem, Associação Marrecas do Bem Estar do Menor. O auxílio mensal concedido pela prefeitura foi reajustado em 5% e passa para R$ 3.375,00.


       Em relação aos requerimentos, um foi aprovado e o outro rejeitado. O vereador Cleber Fontana, PMDB, requereu envio de ofício à Procuradoria do Ministério Público Federal solicitando informações sobre a situação de denúncia encaminhada em 2005 sobre o programa Bolsa Família. Os vereadores da Bancada de Situação votaram contra, alegando que os procedimentos em termos de Câmara de Vereadores e Administração Municipal já foram adotados e o caso agora depende da Justiça. Votaram a favor do requerimento somente o autor e o vereador Irineu Miller, PT. Com isso, por 7 a 2, a matéria foi rejeitada.


       Recebeu aprovação unânime requerimento do vereador Irineu Miller, PT, solicitando informações da administração municipal sobre o projeto de coleta seletiva de lixo. Miller quer saber a área de abrangência para implantação do projeto, etapas de implantação, destino do lixo selecionado e coletado, como será a participação da comunidade, entidades envolvidas e qual será a participação da Associação de Catadores de Papel.


       A vereadora Elenir de Souza Maciel requereu Voto de Pesar pelo falecimento de Adolfina Niedermeyer Scheid, ocorrido no dia 11 de setembro.  O vereador Ivanir Tupi Prolo, PP, requereu Voto de Pesar pelo falecimento de Cesira Bortolini Gasparin, ocorrido em agosto.  Através de Indicação o vereador Tupi reivindicou melhorias na quadra de esportes coberta da comunidade de Ponte Nova do Cotegipe.


       O vereador Euclides Kidinho Ferreira dos Santos, PSDB, reivindicou a colocação de um redutor de velocidade na rua Lages, próximo do número 313, no bairro Júpiter, e a implantação de um abrigo para passageiros de ônibus em frente ao Colégio Reinaldo Sass, no bairro Alvorada, para beneficiar principalmente os alunos daquele colégio.


       Outras duas Indicações foram apresentadas pela vereadora Inez de Oliveira Santos, PSDB. Pediu a colocação de uma faixa elevada na avenida Atílio Fontana, em frente ao Posto Panda, no bairro Pinheirinho, e a implantação de rede de iluminação pública na rua Nereu Schlikmann, ao do pavilhão da Igreja Nossa Senhora da Salete, no bairro Pinheirinho.


       O vereador Ivanir Tupi Prolo usou a Tribuna para tecer comentários sobre a convenção do seu partido, PP, realizada na sexta-feira, dia 21, quando elogiou os organizadores pelo sucesso do encontro. Também parabenizou os organizadores e participantes da programação da Semana Farroupilha e Acampamento da Integração, cujas atividades aconteceram na semana passada, no Parque de Exposições Jaime Canet Júnior. De acordo com Tupi, “trata-se de uma iniciativa importante para manter acesa a chama do tradicionalismo”.


 


                 CELMO SUGERIU MUDANÇA NO HORÁRIO DAS SESSÕES


 


       No final da sessão de terça-feira, dia 26, o vereador Celmo Albino Salvadori, PP, usou a Tribuna e sugeriu que seja feito um estudo sobre a possibilidade de mudança do horário das Sessões Ordinárias, principalmente na tentativa de conseguir maior participação da comunidade. As sessões são realizadas nas segundas e terças-feiras. Até a legislatura passada as reuniões eram promovidas às 20 horas. Neste legislatura foi adotado o horário das 18 horas, buscando maior presença da população.


       Celmo acredita que o objetivo não foi alcançado. Inclusive reclamou que alguns vereadores sempre alegam compromissos e não permanecem até o final da sessão. “Acho que o compromisso no horário das sessões é com a Câmara e não com outras atividades”, enfatizou. Ele sugeriu o horário das 14 horas para a realização das Sessões Ordinárias. O vereador Cleber Fontana, PMDB, também se pronunciou sobre o assunto, apoiando a realização de estudos sobre a mudança de horário.  


 


                                  PAUTA DA PRÓXIMA SESSÃO


 


       A próxima reunião dos vereadores será segunda-feira, dia 1º de outubro, às 18 horas. O presidente do legislativo, Ivanir Tupi prolo, PP, determinou para a pauta a análise de um requerimento e quatro projetos, dois do executivo e dois do legislativo. Um dos projetos do executivo trata da concessão de auxílio financeiro mensal de até R$ 5 mil para o Centro Operacional Novo Cidadão, que atua na recuperação de adolescentes em conflito com a lei. O outro refere-se à suplementação no orçamento vigente na ordem de R$ 426.900,00. Os recursos serão utilizados para ampliação do sistema de telefonia no interior do município.


       O projeto 17 do Legislativo é do vereador Cleber Fontana, PMDB. Propõe que a Lei Municipal que isenta doadores de sangue do pagamento de ingresso em espetáculos públicos sujeitos ao pagamento de ISS beneficie também os doadores voluntários de medula óssea. O projeto 18, da vereadora Inez de Oliveira Santos, PSDB, institui em Francisco Beltrão o Prêmio Mérito Esportivo e Cultural, como forma de premiar quem se destacar em práticas esportivas e culturais. O requerimento é de autoria da vereadora Inez e do vereador Ivanir Tupi Prolo.