CÂMARA APROVOU REATIVAÇÃO DO FAIXA AZUL

– 09-05-2007 – 


 


                        CÂMARA APROVOU REATIVAÇÃO DO FAIXA AZUL


 


          Nesta semana a Câmara de vereadores de Francisco Beltrão promoveu mais duas  Sessões Ordinárias. Inclusive a de segunda-feira, dia 7, foi uma das mais longas do ano, com quase três horas de duração.  O presidente do Legislativo, Ivanir Tupi Prolo, PP, empossou a suplente Atanázia Hellmann Pedron, PP, que substitui Irineu Wessler, PPS, que se licenciou para comandar a Secretaria Municipal de Agricultura. Wessler também é vice-presidente da Câmara. Como não renunciou ao cargo de vice na Mesa Diretora, não haverá necessidade de fazer nova eleição para o preenchimento deste cargo. O presidente Tupi determinou que durante licença de Wessler a função de vice-presidente seja ocupada pelo vereador Celmo Salvadori, PP.


         Todas as matérias em pauta foram amplamente discutidas e aprovadas. Foram seis projetos do executivo, um do legislativo e um requerimento. O projeto do Legislativo é da vereadora Atanázia Hellmann Pedron, instituindo o Dia Municipal Contra a Homofobia, que será comemorado anualmente em 17 de maio. O objetivo é promover discussões sobre a livre orientação sexual, bem como a cidadania de gays, lésbiscas, travestis e transexuais. Atanázia alega que se trata de uma ação importante considerando o atual quadro de violência e discriminação existente no Brasil e no mundo.


         Esse foi o único projeto que recebeu um voto contrário, da vereadora Elenir de Souza Maciel, PP. No seu entender, a declaração deste dia se torna um ato de preconceito. “São pessoas dignas e que não precisam de um dia diferenciado para serem lembradas”, comentou. Elenir fez questão de frisar que não concorda com qualquer tipo de preconceito, mas decidiu votar contra a matéria justamente por entender que a instituição desta data no calendário municipal gera uma iniciativa de preconceito. Com isso o projeto recebeu oito votos favoráveis e um contrário.


          O projeto 008 do executivo trata da implantação do estacionamento regulamentado na área central de Beltrão. A matéria recebeu duas emendas, ambas do vereador Celmo Salvadori, PP. Uma determina que o tempo máximo permitido para o estacionamento na mesma vaga seja de duas horas. O projeto previa tempo máximo de uma hora e vinte minutos. A outra emenda determina que qualquer proposta de alteração no sistema de funcionamento do Faixa Azul deva passar por análise dos vereadores. O projeto 25 refere-se à alteração de lei municipal para a criação do cargo de chefe da divisão de programas sociais.


         O 26 autoriza a prefeitura a contratar crédito na Agência de Fomento, na ordem de R$ 4 milhões, para a execução de diversos projetos, principalmente a construção de pontes no perímetro urbano, barracões industriais, pavimentação de ruas, aquisição de terrenos para habitação e indústrias, além da expansão do Parque de Exposições Jaime Canet Júnior. O projeto 30 autorizou reposição salarial de 2,81% para o prefeito, vice-prefeito e secretários municipais.


               Também foi aprovado o projeto 31, que autoriza a concessão de auxílio financeiro mensal de R$ 6.500,00, período de maio a dezembro deste ano, para a Associação Atletas do Futuro. E o 34 que altera lei municipal para a criação do cargo de agentes de trânsito, que atuarão no Faixa Azul. Todos os projetos aprovados ontem serão votados hoje novamente, em redação final.


              Através de Requerimento a vereadora Inez de Oliveira Santos, PSDB, sugeriu ao executivo a construção de uma proteção lateral no trevo do bairro Pinheirinho, entre as avenidas Atílio Fontana e Antonio Silvio Barbieri. Também requereu da Brasil Telecom a instalação de um telefone público em frente ao colégio João Paulo II, no bairro Júpiter, e apresentou uma Indicação, sugerindo que o posto de saúde do bairro Cristo Rei seja denominado de Posto de Saúde Herculano do Nascimento. O vereador Celmo Salvadori requereu Voto de Pesar pelo falecimento do senhor Iraci Gonzatti, ocorrido no dia 17 de abril.


              O vereador Adair Machado, PSDB, pediu o envio de ofício para o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Francisco Beltrão, Eleone Freitas, e para a diretora da Câmara da Mulher Empreendedora do Sindicato, Vânia Faust, parabenizando pela posse ocorrida na semana passada. A vereadora Elenir de Souza Maciel, PP, reivindicou calçamento na rua Albina Cavichon, além da implantação de iluminação pública, alargamento e calçamento no prolongamento da rua Valdir Foletto, no bairro Sadia.  Reivindicou ainda calçamento na rua Verê, bairro Sadia. A próxima Sessão Ordinária da Câmara será segunda-feira, dia 14, às 18 horas. Serão votados cinco projetos.


 


                                     DEBATE SOBRE PLANO DIRETOR


 


      Após a sessão de terça-feira os vereadores receberam integrantes do Núcleo de Arquitetos de Francisco Beltrão para debater os projetos que tratam da reformulação do Plano Diretor. Eles foram convidados através de requerimento do vereador Cleber Fontana, PMDB. O objetivo dos vereadores foi obter informações sobre as mudanças que serão implantadas e possíveis alterações nos projetos durante a tramitação no legislativo.

       Depois de analisar os sete projetos que tratam do assunto, o vereador Cleber levantou uma série de dúvidas em vários alterações que estão sendo propostas e neste encontro procurou obter todas as informações dos profissionais que têm conhecimento técnico sobre o Plano Diretor. Os projetos estão tramitando nas comissões permanentes da Câmara e em breve serão levados para o debate e votação em plenário.


 


                              CEZAR CRITICOU PRESIDENTE DA ACAMSOP 13


 


               Ao final da sessão de segunda-feira todos os vereadores usaram a Tribuna. O pronunciamento que mais chamou a atenção foi do vereador Anízio Cezar Pereira, sem partido, que fez críticas ao presidente da ACAMSOP 13, Associação de Câmara de Vereadores, microrregião de Beltrão, vereador Jandir Schneider, de Bela Vista da Caróba. Cezar Pereira, que é tesoureiro da atual diretoria, denunciou que o presidente está praticando atos imorais, inclusive ameaçou deixar de participar da diretoria e iniciar uma campanha, segundo ele “para derrubar o atual presidente”. Cezar comentou que prova da imoralidade é que Schneider nomeou a própria esposa para o cargo de secretária executiva da ACAMSOP 13.


                Ele foi apoiado pelo vereador Euclides Kidinho Ferreira dos Santos, PSDB, que também reclamou que Schneider não vem realizando o trabalho esperado e que está arrependido de ter apoiado a sua candidatura. O vereador Adair Machado, PSDB, que é vice-presidente da ACAMSOP 13, comentou que é hora de unir os vereadores para discutir os problemas enfrentados pela associação e procurar achar uma solução o mais rápido possível. Outros vereadores também se pronunciaram sobre este tema, lamentando o que está acontecendo na entidade que representa as Câmaras da região.