CÂMARA ADIA VOTAÇÃO DE PROJETOS

       Na Sessão Ordinária desta segunda-feira, dia 3 novembro, na Câmara de Francisco Beltrão, estavam em pauta quatro Projetos de Lei do Legislativo, elaborados por vereadores. Porém, atendendo pedidos dos autores, todos foram retirados de pauta. O 16, do vereador Brizola, PSL, disciplina os ruídos urbanos, proteção do bem estar e do sossego público. Brizola disse que foram apresentadas algumas sugestões que serão acrescentadas à matéria, que volta para a pauta na próxima segunda-feira, dia 10.

       O Projeto 23, da vereadora Elenir de Souza Maciel, PP, determina a obrigatoriedade da existência de local específico para a estocagem temporária de resíduos sólidos recicláveis e não recicláveis em estabelecimentos comerciais, condomínios e propriedades rurais. Foram apresentadas três emendas, por isso ela decidiu adiar a votação para segunda-feira, dia 10, para analisar as alterações propostas.

       O Projeto 27, de autoria dos vereadores Cleber Fontana e Paulo Grohs, PSDB, altera a Lei Municipal que dispõe sobre o parcelamento do solo para fins urbanos. Como surgiram algumas indagações, Cleber pediu que a votação aconteça nesta terça-feira, dia 4. Outro Projeto, do vereador Roberson Artifon Fiera, PT, altera a Lei Municipal, que obriga a captação e uso de água pluvial das novas edificações. Para fazer ajustes na proposta, Roberson retirou o projeto da pauta por 45 dias.

       Os vereadores voltam a se reunir em Sessão Ordinária nesta terça-feira, 4, às 18h00. Serão votados quatro Requerimentos, uma Moção de Aplauso e o projeto dos vereadores Paulo e Cleber. No final da sessão Morgana Araujo, coordenadora da Coohabel, Cooperativa Habitacional Beltronense, usará a Tribuna.  Ela foi convidada pelo vereador Ivanir Tupi Prolo, PP, que apresentou Requerimento, aprovado por unanimidade. Ela repassará informações sobre a situação dos loteamentos coordenados pela cooperativa e responderá perguntas dos vereadores.  

%d blogueiros gostam disto: