COMITIVA CONHECE CONSAD EM SANTA CATARINA

       Nesta quarta-feira, 5 de novembro, uma comitiva formada por vereadores e integrantes da secretaria municipal de Desenvolvimento Rural de Francisco Beltrão estará em Santa Catarina para conhecer o funcionamento do Consad, Consórcio Intermunicipal de Segurança Alimentar , Atenção à Sanidade Agropecuária e Desenvolvimento Local. Através do consórcio é possível credenciar as agroindústrias dentro dos padrões e normas técnicas do SUASA, Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária, do Ministério da Agricultura, possibilitando que estas empresas comercializem seus produtos em todo o Brasil.

      A ação está sendo coordenada pelo vereador Roberson Artifon Fiera, PT, e por Daniela Celuppi, secretária municipal de Desenvolvimento Rural. Em São Miguel do Oeste as lideranças e técnicos conhecerão o funcionamento do Consad. Em Guaraciaba serão feitas visitas a agroindústrias de láticos, embutidos e aves que aderiram ao consórcio. De acordo com Roberson, o principal objetivo é possibilitar que empresas familiares de Francisco Beltrão possam aderir ao consórcio. Para tanto é preciso a participação e apoio da administração municipal.

       O Consad articula e estimula ações nos municípios consorciados para viabilizar programas de segurança alimentar e de desenvolvimento, envolvendo arranjos sócio-econômicos socialmente justos, economicamente e ecologicamente sustentáveis e estruturando cadeias produtivas em processos cooperativos e solidários, além dos serviços de inspeção animal e vegetal de acordo com os princípios e definições da sanidade agropecuária, nos padrões e normas técnicas do SUASA, que é um sistema integrado de inspeção no qual os serviços municipais, estaduais e federal deixam de atuar isoladamente e passam a fazer parte de um sistema único.

       Dessa forma, produtos da agricultura familiar podem ser comercializados em todo o País, abrindo oportunidades de mercado. Para tanto, o município deve outorgar ao Consórcio a contratação de serviços de médicos veterinários, agrônomos e técnicos em alimentos, para fins dos procedimentos de inspeção, legalização de unidades e produtos de origem vegetal e animal, atendendo as normas para a comercialização, bem como realizar outros procedimentos inerentes ao seu plano de ação. Francisco Beltrão possui, através do serviço de inspeção municipal, 25 estabelecimentos agroindustriais em atividade e outros cinco estabelecimentos com inspeção estadual.

%d blogueiros gostam disto: