Edificações com mais de 135 m2 são obrigadas a fazer a captação de água

Em 2005 foi criada a Lei Municipal que consiste na obrigação da captação água pluvial das novas edificações e a adequação das antigas construções com mais de 135 metros quadrados. Para a adequação existia uma tolerância de 10 anos, que venceu em 2015. Por isso, o vereador Zé Carlos Kniphoff(PDT) solicitou através de requerimento, se a administração municipal está fiscalizando as antigas construções, para saber se elas estão adequadas a lei ou não. A lei, inclusive, foi proposta pelo ex-vereador e atual prefeito Cleber Fontana(PSDB). Se colocada em prática e fiscalizada pela administração municipal, o projeto pode contribuir para amenizar a questão das cheias e enxurradas de Francisco Beltrão. “Tal medida vem beneficiar o meio ambiente e a preservação da água, com instalação do sistema de reciclagem de água num maior número de construções. Esta é a tendência mundial referente à economia de água potável e reaproveitamento de água servida e de esgotamento sanitário. Além disso, mesmo que indiretamente, observa-se que um maior número de cisternas no Município propiciaria numa retenção de um volume considerável de água nestes espaços, reduzindo, desta forma, o montante de água lançada em rios e córregos e retardando os efeitos maléficos causados pelas cheias, enxurradas e alagamentos”, explicou Zé Carlos, que também é engenheiro civil.

%d blogueiros gostam disto: