LEGISLATIVO COM SEMANA MOVIMENTADA


– 10-12-2008 –    


 


        Diversos projetos e requerimentos foram aprovados por unanimidade nas Sessões Ordinárias realizadas nesta semana, dias 8 e 9, pela Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão. As matérias do executivo são o projeto 70, que concede auxílio financeiro de R$ 10 mil para a Associação de Catadores de Papel. O dinheiro será usado no custeio de despesas nas atividades de coleta seletiva de lixo.


       O projeto 71 prorroga por dois anos o prazo para cumprimento de encargos estabelecidos em lei municipal. Com a mudança, a Fundepar receberá mais dois anos para utilizar terrenos doados pela prefeitura para a construção do novo Colégio Agrícola Estadual do Sudoeste e a sede própria da Casa Familiar Rural de Beltrão. Nestes dois projetos o Governo do Estado investirá R$ 10 milhões.


       O 64 altera disposição da lei municipal que regulamenta a eleição de diretores das escolas municipais. Com a mudança na lei, o diretor só poderá concorrer para uma reeleição consecutiva. O 68 autoriza a abertura de crédito adicional de R$ 330 mil no orçamento. O dinheiro será usado para a aquisição de terrenos para a construção de um novo prédio para a Escola Rubens Amélio Bonatto, do bairro Cristo Rei, e para ampliação da Escola Higino Antunes Pires Neto, do bairro Sadia.


       Projeto 72 autoriza a prefeitura adquirir área de terra de 880 m2, no bairro Sadia. O 73 refere-se a abertura de crédito adicional no orçamento vigente, na ordem de R$ 272.238,00. O projeto 74 autoriza a prefeitura comprar terreno de 688 m2, ao lado do rio Marrecas, para que o mesmo seja mantido como área de preservação.


      Dois projetos do Legislativo também tiveram aprovação unânime. O 32, da vereadora Atanázia Hellmann Pedron, PP, Declara de Utilidade Pública o Rotry Club Francisco Beltrão Cango. O 35, do vereador Ivanir Tupi Prolo, PP, Declara de Utilidade Pública o Sisclaf, Sistema de Cooperativa de Leite da Agricultura com Interação Solidária.


       Através de requerimento a vereadora Inez de Oliveira Santos, PSDB, sugeriu que a administração municipal adote medidas para a redução de filas nas unidades básicas de saúde. O vereadora Celmo Salvadori, PP, pediu o envio de ofício e entrega de uma placa ao piloto beltronense Wellington Cirino, pela conquista do teatracampeonato brasileiro de Fórmula Truck.


       A vereadora Elenir de Souza Maciel, PP, reivindicou do executivo um atendimento especial no que se refere à limpeza e manutenção do Parque de Exposições Jaime Cante Júnior, principalmente na pista de caminhadas e banheiros.


 


                                         MOÇÃO DE APLAUSO


 


       Após a Sessão Ordinária de terça-feira, dia 9, a Câmara realizou cerimônia para a entrega de Moção de Aplauso ao Capitão Geraldo Kochemborger, pelos nove anos e quatro meses de trabalhos no comando da Polícia Militar de Beltrão. Ele recebeu uma placa representando a homenagem.


       O plenário da Câmara ficou completamente lotado de autoridades e convidados do homenageado. A iniciativa da homenagem foi do presidente do legislativo, Ivanir Tupi Prolo, PP, com o aval dos demais vereadores. Recentemente o Capitão Kochenborger foi promovido e assumiu como vice-comandante do Batalhão da Polícia Militar do Sudoeste.


 


                                            SESSÃO SOLENE


     


       Nesta quarta-feira, dia 10, tem Sessão Solene na sede do Legislativo, às oito e meia da noite. O pioneiro e ex-vereador Agenor de Almeida receberá o Título de Vulto Emérito de Beltrão. O projeto propondo a concessão da honraria é do vereador Ivanir Tupi Prolo e foi aprovado por unanimidade.


 


                                      HISTÓRICO DO HOMENAGEADO


 


       O pioneiro e ex-vereador, por duas gestões, Agenor de Almeida, 81 anos de idade, é natural de Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Chegou em Francisco Beltrão em outubro de 1.951, há 57 anos. Teve participação ativa na Revolta dos Colonos, em 1957, na época com 30 anos. Em 1964 fixou moradia, no KM 20, interior de Francisco Beltrão.


       Foi eleito para o seu primeiro mandato de vereador quando ainda não havia salário para os integrantes do Legislativo. Foi eleito pelo PTB, com 263 votos, e cumpriu o mandato de 1.965 a 1.968. Na época vereador de Situação, no mandato do prefeito Antonio de Paiva Cantelmo, PTB.


       Posteriormente foi Subprefeito do KM 20 nas gestões dos prefeitos Deni Lineu Schwartz, Antonio de Paiva Cantelmo e João Batista de Arruda. Exerceu o segundo mandato de vereador na gestão 1.989/1.992. Foi eleito pelo PDT, com 349 votos. Foi vereador de Oposição, na administração do prefeito Nelson Meurer, PP.


       Agenor de Almeida foi casado com Ana Nicolodi de Almeida por 58 anos. Ela faleceu neste ano de 2008, vítima de acidente automobilístico. O casal teve cinco filhos. Um deles, Celso Almeida, também foi vereador em Francisco Beltrão.