Câmara devolve quase R$ 2 milhões para a prefeitura

A Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão realizou nesta quinta-feira, 21, a solenidade de Devolução do Duodécimo de 2017 ao Poder Executivo. Isso significa que os valores economizados neste ano, pelo legislativo, são devolvidos aos cofres da administração municipal. Ao todo foram depositados na conta da prefeitura, em forma de devolução, R$ 1.995.785,91. O prefeito Cleber Fontana(PSDB) recebeu o cheque simbólico das mãos do gerente da Caixa Econômica Federal, Cassyos Gerhardt, da presidente Elenir Maciel(PP) e dos vereadores Lurdes Pazzini(PMDB), Fran Schmitz(PSDB), Pedro Tufão(DEM), Zé Carlos Kniphoff(PDT), Rodrigo Inhoatto(PDT), Evandro Wessler(PPS), Aires Tomazoni(PMDB), Silmar Gallina(PSDB), Léo Garcia(PSC) e Camilo Rafagnin(PT).

O orçamento destinado à Câmara de vereadores é de R$ 4,5 milhões e foram gastos 56% deste total, portanto, a lei permite que seja feita essa devolução. A vereadora e presidente Elenir Maciel destacou a harmonia entre os poderes e as medidas de contenção dos gastos públicos, dentro do Poder Legislativo, justificando as sobras de quase R$ 2 milhões.

O prefeito Cleber Fontana, em seu discurso, elogiou a austeridade da Câmara e o comprometimento da Casa, por gastar de forma consciente o dinheiro público. Ele destacou que a Câmara de Vereadores beltronense é um exemplo para outros municípios do Paraná e disse que certamente deve ser uma das Câmaras que menos gasta no Estado. Sobre a utilização do recurso, Cleber informou aos participantes que em 2018 terá de pagar mais de R$7,2 milhões em precatórios, que se arrastam por mais de 10 anos de pendências, sendo que o dinheiro sairá dos recursos livres da prefeitura.  Precatórios são requisições de pagamento expedidas pelo Judiciário para cobrar de municípios, estados, União, autarquias e fundações, o pagamento de valores devidos após condenação judicial definitiva. Entretanto, o prefeito agradeceu aos vereadores pela devolução do dinheiro.

 

%d blogueiros gostam disto: